O setor cultural é um dos segmentos mais encantadores para atuação, que exige cada vez mais a capacitação e a profissionalização para lidar com as inúmeras dificuldades do dia-a-dia, principalmente com o crescimento da visibilidade da cultura brasileira.

Iniciativas tem sido realizadas por diversas entidades no mundo inteiro, desde UNESCO, Ministério da Cultura, Secretaria de Cultura e o próprio Sebrae, com o apoio a micro e pequenas empresas deste cenário, com investimentos em  Artes Cênicas, Audiovisual, Patrimônio Cultural, Artes Visuais, Artes Integradas, Música, Moda e outros.

Segundo dados do Panorama Setorial da Cultura Brasileia (2011-12), divulgado no relatório do Sebrae, existem diferenças de perfis, funções e métodos entre produtores e gestores culturais, o que gera confusão e discussão sobre o desempenho de cada um desses profissionais. Além de demonstrar os principais desafios do segmento:

  • Garantir profissionalismo da equipe envolvida;
  • Formatação de projetos conforme requisitos de leis e editais;
  • Networking para facilitar negociações de investimentos e captação de recursos;
  • Elaborar projeto interessante e atrativo;
  • Viabilizar espaços e locais para realização;
  • Coordenação de equipes;

E você, quais são as principais dificuldades que possui no dia-a-dia?

Confira o relatório do Sebrae e compartilhe informações na pesquisa de inteligência que está sendo realizada:

Relatório

Pesquisa